Research Seminar

Seminário Permanente "Repensar o Humano e a Natureza"

On Wednesday, Nov 17, 2021

 

Além de todos os acontecimentos súbitos que lhe têm feito história, as primeiras décadas do milénio sobressaltam a relação do humano com a compreensão de si próprio e a relação do humano com a natureza em que vive, a sua e a que o circunda, o ambiente, os ecossistemas, os outros seres não-humanos, a Terra planeta e referente da existência. O pós-humano, seja como perda irreversível de algo que não estava nas mãos humanas subtrair ao humano, seja como ganho de algo que, de forma idêntica, não estava nas mãos humanas juntar ao humano, é a criação humana cujo sentido tem de ser interrogado. Como a natureza cada vez mais capturada pelo dispositivo da produção e absorvida por uma inteligibilidade do recurso, do meio. Este duplo sobressalto, do humano e da natureza ambos em trânsito para outra condição, é ontológico e, por isso, obriga a repensar o que se quer dizer quando se fala de humano e do mesmo modo quando se fala de natureza. A estabilidade perdida da humanidade do humano e da naturalidade da natureza trazem a crise às suas representações, teóricas, políticas, culturais, e proporcionam por isso à radicalidade do questionamento filosófico uma tempestividade inédita. Nunca, como hoje, foram urgentes e cruciais as questões de uma antropologia filosófica e de uma filosofia da natureza. É sob este quadrante de problemas que se desenrolará o conjunto de sessões mensais da edição deste ano letivo do Seminário Permanente do Praxis - Centro de Filosofia, Política e Cultura.

17 de novembro de 2021, às 17h30min: 

Bruno Serra (Praxis UBI), "Será a virtude ensinável? - Emoção, educação e emulação".

Luisa Monteiro (Praxis UÉ), "Presença e 'diferência' na tragédia clássica".

Moderação: José Domingues (Praxis UBI)

Edição online

Open on new window
1999—2022 © IFP and Up to Start  •  Login • RSS feed